este é o tempo…

Este é o tempo

Da selva mais obscura

Até o ar azul se tornou grades

E a luz do sol se tornou impura

Esta é a noite

Densa de chacais

Pesada de amargura

Este é o tempo em que os homens renunciam



Sophia de Mello Breyner Andersen

One thought on “este é o tempo…

  1. Musica mirabilis

    Talvez a ternura
    crepite no pulso,
    talvez o vento
    súbito se levante,
    talvez a palavra
    atinja o seu cume,
    talvez um segredo
    chegue ainda a tempo

    – e desperte o lume.

    Eugénio de Andrade, in Mar de Setembro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s