Revisão…

Este foi o primeiro quilt que fiz para S*. Fiz tudo um pouco às cegas, sem grandes noções de costura, a seguir o bom senso. Pode não ser perfeito (nem gosto de coisas muito perfeitas), mas gosto imenso dele, e o S* também!

Este também foi para o S* (os primeiro foram para ele, no fundo o destinatário das minhas experiências). Gosto das cores quentes, e até da mistura de tipos de tecido. É quentinho para as noites e já antecipa o Outono. Na parte de trás decidi fazer o quilting seguindo as linhas onduladas e irregulares (que marcam a direcção) o tecido.

A minha técnica para captar fotografias precisa de ser melhorada, eu sei… Mas enfim…

Esta foi feita para o filho de uma amiga. É óptima para o dia-a-dia. Ideal para proteger do frio no carrinho (a parte de trás é feita em malha polar) ou para colocar no chão no jardim, como base de brincadeiras.

Nunca são demais… O modelo anterior é óptimo para quando são mais pequenos, mas a partir do momento que entramos no aventuroso mundo das papas…a quantidade e tamanho dos mesmos tem que aumentar!

Sunny Sunday

Inesperadamente, o último dia livre. Amanhã volto ao trabalho, com alguma expectativa mas com muita vontade. A tarde estava linda junto ao rio, com uma luz que só Lisboa tem. Aproveitei e levei uma das malas que fiz a dar uma volta. Esta foi feita com o molde da Frenchy Bag, da Amy Butler, com chita portuguesa, que trouxe de um passeio a Alcobaça.

Adoro usar chita para malas. Resistente, com padrões e cores variadas, é um tecido que não deixa de me surpreender.

Baby quilt * island

Este quilt foi um pedido do P* para dar ao primo que nasceu na mesma altura que o S*. Já está quase a embarcar no avião. As cores foram escolhidas por ele, e embora uma delas (amarelo) eu normalmente não usaria, gostei muito do efeito alegre que deu ao quilt.  O tamanho é o ideal para o tapar no carrinho, e ainda segue com um saco de pano para o guardar.